Evangelização sobre trilhos – A saga de Orlando Speicer Boyer no norte do Ceará

As Boas Novas de Cristo alcançou a região do Sertão Norte pela primeira vez no ano de 1932, mais precisamente em Sobral, com a chegada do casal americano Orlando Spencer Boyer e Ethel Beebe e o irmão Maurício Wanderley. Ao chegarem à cidade, eles se hospedaram de início na Pensão Glória. Logo que a população tomou conhecimento que eles eram protestantes, gerou se um “desconforto” no município, o que levou a mais de três mil pessoas cercaram o estabelecimento comercial, promovendo uma das maiores perseguições que o Evangelho sofreu na região.

Depois do problema contornado, o missionário Boyer conseguiu fixar residência em Sobral, onde permaneceu até o ano de 1939, apesar de entre os meses de maio a dezembro de 1935 ter viajado para os Estados Unidos. Em sua evangelização no norte do Ceará, ele percorreu 18 localidades, situadas nos municípios ao longo do percurso da linha férrea que iniciava no Camocim, cruzando as seguintes estações: Dr. Privat, Granja, Martinopolis, Riachão, Pitombeiras, Sobral, Boa Esperança, Cariré, Sinimbú, S. Cruz, Pires Ferreira, Ipú, Ipueiras, Charito, Nova Russas, Pitombeiras e Cratreús, onde finalmente se concluía o percurso da Estrada de Ferro. Em entrevista com a irmã Dilma de Albuquerque Pontes, atualmente com 93 anos e que residiu na casa do missionário, quando era jovem, a mesma relatou que o estrangeiro descia nas estações ao logo da via férrea e iniciava a evangelização nas casas e logradouros das vilas. Em alguns casos, era bem recebido e em outros escorraçados e que suas viagens duravam dias. Entre os episódios que jamais esqueceu foram as vezes em ajudou a irmã Ethel Boyer (esposa do missionários) lavar o terno de linho branco sempre que voltava do Mercado da carne, isso em Camocim. A ação dos perseguidores era, sempre que o pastor Boyer ficava de costas eles jogavam pedaços de carnes com sangue nas costas do missionário. Todavia o Senhor prosperou a sementeira do evangelho plantada pelas regiões onde passou e a recompensa pelo trabalho feito, o poderoso Deus o honrará.

Nos primeiros anos da década de 1940, as igrejas da região que tinha como sede o trabalho em Sobral, foi liderada pelos pastores Benjamin Ramos de Oliveira e Antônio Barbosa. No dia 04 de setembro de 1943, a Assembleia de Deus foi implantada oficialmente em Sobral, pelo pastor José Teixeira Rego, que deu posse ao pastor Manoel Francisco de Almeida. Na época, ele liderava a obra em 27 municípios da localizada, hoje pertencente as regiões do Litoral Norte, Sertão Norte, Chapa da Ibiapaba e Sertão dos Crateús. A partir de década de 1950, o trabalho foi conduzido pelos pastores José Freire de Alencar, Pedro Gomes de Farias e Francisco Lima e Silva, que foi empossado em 10 de outubro de 1963 e permanece até os dias atuais, tendo sido o responsável por estruturar a obra na cidade.

O norte-americano natural de Bedford, em Iowa, nasceu no dia 5 de março de 1893 e teve como genitor o pastor John Boyer. Ele converteu-se ao evangelho ainda na infância e aos 21 anos casou-se com Ethel Beebe. Em 1927, ele e a esposa foram enviados ao Brasil pelo Conselho Missionário da Igreja de Cristo dos Estados Unidos. Após chegarem em Pernambuco, os dois passaram um ano aprendendo a língua portuguesa e em seguida, iniciaram a obra evangelística

Historiador Carlos Castro é o diretor do PORTAL JVD
Historiador Carlos Castro é o diretor do PORTAL JVD

na cidade de Mata Grande, no Alagoas. Lá, permaneceram entre os anos 1928 e 1932, onde abriram alguns pontos de pregação. Em 1929, possivelmente Boyer teria visitado pela primeira vez o Ceará e se hospedado na residência do compatriota Virgil Frank Smith, que residia no Crato. No ano de 1932, retornou novamente ao referido estado nordestino e evangelizou em Sobral. No período em que passou pelo município, ele, a esposa e o intérprete Maurício Wanderley foram rudemente perseguidos pelos religiosos católicos locais. Em seguida, deslocaram-se para o Ipu, onde foram recebidos a pedradas e livrados de uma ação de linchamento por parte dos moradores. Porém, o evangelista estrangeiro não se sentiu intimidado e mudou-se para Camocim. Depois de as primeiras vidas renderem-se a Cristo, pessoas contrárias à expansão do evangelho agiram desrespeitosamente contra o estrangeiro, além de ter sido ferido fisicamente. Posteriormente, o casal regressou aos EUA, filiou-se à Assembléia de Deus de Oklahoma e voltou ao torrão cearense pela terceira e última ocasião, em maio de 1935. Durante o intervalo de seis anos que residiu no estado, o missionário semeou as Boas Novas em 14 municípios ao longo da via férrea. Entre eles, podemos citar: Camocim, Granja, Sobral, Ipu, Nova Russas, Crateús e Ibiapaba. O personagem ainda foi o desbravador da obra em Santa Catarina e o tradutor de 115 importantes literaturas de cunho pentecostal a partir da década 1940. Além disso, escreveu 16 livros11 e fundou a Emprevan Editora, que marcou época com o slogan “Robusteça a sua alma”. O nobre pioneiro, que também compôs o hino 466 da Harpa Cristã, faleceu no dia 21 de abril de 1978 em seu país natal.

Carlos Castro

Postado por: Carlos Castro

Comentários

*os comentários aqui apresentados não representam a opinião do Portal JVD

Deixe uma resposta