Semadec – Uma história de amor em cada continente do globo terra

pastor Valter Silveira e esposa
pastor Valter Silveira e esposa

Não há um só continente que a mão da SEMADEC não tenha alcançando, são dezenas de missionários, ocupando cada um o seu espaço com um único objetivo, ganhar almas para o Senhor. Desde de 1973, após o envio do missionário João de Castro, sob a tutela da COMEADEC, presidida pelo pastor Emiliano Ferreira da Costa e que tinha naqueles dias, o pastor Antônio Filho, como secretário executivo de missões. Pois bem, por este ofício passaram: Ev. José Alberto Paiva e os pastores Fco de Paulo Ribeiro, Pedro Ribeiro Filho, Juscelino Sampaio, Francisco Paixão e atualmente o Pr. José Valter da Silveira Filho, que tomou posse no dia 02 janeiro de 2012, agora com a Convenção presidida pelo pastor João Bezerra da Silva e o nome de CONADEC. A história da SEMADEC está ai e agora é só conferir.

Fonte: Livro AD no Ceará – 100 Anos de História – De Carlos Castro.

Histórico da Secretaria de Missões das Assembleias de Deus no Estado do Ceará (Semadec)

 

  • 1973 – Início da visão missionária transcultural da Assembleia de Deus no Ceará, após o pastor Emiliano Ferreira da Costa voltar de viagem de Seul, na Coreia do Sul. Ao chegar em Fortaleza, compartilhou sua visão com a igreja. Depois de orar, o seu dedo percorreu o mapa múndi e parou sobre a Bolívia. Como fruto desta visão, no ano de 1974, o pastor João de Castro e Silva foi enviado com a família para o país sul-americano, onde permaneceu até o ano de 2003. Na década de 1970 até o ano de 1981, a administração das missões transculturais ficou sob a liderança do pastor Antônio Ferreira Lima Filho.
  • 1982 – Houve uma pausa depois da missão para a Bolívia, até a Convenção de Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus no Estado do Ceará (Comeadec) firmar o primeiro documento referente a missões, em 19 de julho de 1982. Com a aprovação da Convenção, o pastor Francisco de Paulo Ribeiro e família foram enviados para a Argentina e o pastor Francisco Bezerra Filho (in memorian) com sua família para o Paraguai. Após o envio dos missionários para o exterior, foi então criada, oficialmente, a Secretaria de Missões, que ficou sob a administração do pastor Pedro Ribeiro Filho.

 1987 – Por necessidade de trabalho, e, por intermédio do pastor Francisco de Paulo Ribeiro, ocorreram duas reuniões decisivas: a primeira, com a liderança durante a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB); e, a segunda com a presidência Assembleia de Deus Templo Central, visando estabelecer uma secretaria para gerenciar o trabalho de missões, que até aquele momento era administrado pela Diretoria da Comeadec. Em 31 de julho, na presidência do pastor Sebastião Mendes Pereira, foi fundado pelo pastor Francisco de Paulo Ribeiro o Exército Missionário Ceifeiros da Última Hora (EMCUH), e a partir de então implantados os cultos de missões nas congregações em Fortaleza. Naquela ocasião, assumiu o projeto o evangelista José Alberto Paiva, de saudosa memória. Tais iniciativas fazem parte do projeto para sustento dos missionários já existentes. No ano, foi enviado ao Paraguai o pastor Eliackim Rodrigues de Sousa e família, em substituição ao pastor Francisco Bezerra Filho, onde permaneceu até o ano de 1990.

 1990 – Pr. Eliackim Rodrigues de Sousa e família retornam do Paraguai e seguem para nova missão transcultural em São Tomé e Príncipe, no continente africano. Em 1993, ele retornou ao Brasil com a família.

 1993 – Graças a Deus, o trabalho cresceu com o título de Agência Cearense de Missões Internacionais (ACMI). O jovem missionário Alexandre Magno foi enviado para o Equador.

 1994 – Missionária Josimeire Albuquerque vai para Ruanda, na África.

 1995 – Ano do envio das jovens Aila Maria Nascimento e Dulce de Freitas para a Índia; Janice Gomes e Silva para Porto Velho (RO); Elisabete Saraiva para Moçambique; e do casal Maurício Praxedes e Elza para iniciar o trabalho em Luque, no Paraguai. Na época, o secretário de missões era o saudoso evangelista José Alberto Paiva. Ao ilustre paladino da fé, fica a lembrança da sua intensa luta pela obra de missões, tal como seu inseparável jargão: “Missão está no coração de Deus”.

 1996 – Pastor Pedro Ribeiro Filho e sua esposa Fátima Ribeiro vão à Suiça. Já o pastor Jailton Mariano e família foram enviados para o Paraguai.

 1997 – Após o falecimento do evangelista José Alberto Paiva, o pastor Francisco de Paulo Ribeiro assumiu interinamente a Secretaria de Missões das Assembleias de Deus do Ceará, tendo o obreiro Paulo Madeira como seu secretário adjunto. Seis meses depois, o pastor Francisco Paixão Bezerra Cordeiro foi nomeado para ser o secretário executivo de Missões das Assembleias de Deus no estado. A Secretaria de Missões se expandiu entre todas as congregações de Fortaleza. A Agência Cearense de Missões Internacionais (ACMI) tornou-se a Agência Cearense de Missões Transculturais (ACEMT), por já existir outra instituição com o nome anterior. Após algumas reformas, a Secretaria recebeu outro nome: Secretaria de Missões do Estado do Ceará (Semec). A jovem Maria Betânia foi enviada para a Angola.

 1998 – Impulsionada pelo Espírito Santo, a Semec avançou e enviou ao campo transcultural os seguintes missionários: Francisco Vieira, para Cabo Verde; e o casal José Roberto Carneiro e Salete Pinheiro, para o Senegal. Na Venezuela, a igreja iniciou-se com os missionários Elivando Saraiva e Airton Vieira. O pastor Pedro Ribeiro Filho e a irmã Fátima Ribeiro foram para a Polônia.

 1999 – A Secretaria de Missões foi reconhecida como órgão oficial da Convenção de Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus no Ceará, assumindo o nome definitivo de Secretaria de Missões das Assembleias de Deus do Estado do Ceará (Semadec), conforme o regimento interno. Dando continuidade à obra, a secretaria enviou a missionária Áurea Gomes, agregada ao projeto Bonekada Senami, na Índia, onde lá permaneceu como missionária até o final de 2003. Em fevereiro do mesmo ano, a jovem Norma Martins foi enviada para Sidney, na Austrália, para efetuar um trabalho específico com mulheres muçulmanas, onde permanece auxiliando um pastor iraniano. Os missionários Eduardo Fernandes e o casal Elias Santos e Ruth Santos foram para o treinamento de estudos interculturais “Projeto Janela 10/40 e além: Uma Missão Radical”, da Missão Horizontes, onde trabalharam durante três anos, no Níger e Egito, respectivamente.

 2000 – Início da implantação da Assembleia de Deus em Munique, na Alemanha, pelo pastor Everaldo Lopes. O missionário José Roberto seguiu para a Mauritânia. No mesmo ano, foi fundada a Convenção Maranata/Paraguai, sendo eleito o pastor Jailton Mariano como presidente. Para o Senegal, foi enviado o missionário João Batista Domingues, com o objetivo de proclamar o Evangelho no Norte do continente africano. Da Mauritânia, retornou o missionário José Roberto. Ainda em 2000, a Semadec recebeu da Assembleia de Deus (IEADTC) em Fortaleza o seu prédio próprio. Até então, o escritório funcionava em uma sala na Associação Filantrópica Evangélica.

 2001 – O casal José Wellington e Mônica seguiram para Luque, no Paraguai. Já o pastor Alexandre Magno foi enviado para Dallas, no Texas, para implantar a Assembleia de Deus na cidade.

2002 – Envio do missionário Juscelino Sampaio e família para o Paraguai. Em Marrocos, chegou o missionário João Batista Domingues. No mesmo ano, o evangelista Bartolomeu Aide, esposo da irmã Maria Betânia, foi recebido como missionário da AD no Ceará.

 2004 – A Semadec instalou uma base provisória em Dakar, no Senegal. Em outubro, a missionária Salete Pinheiro retornou ao Senegal, agora casada com Erasmo Andrade e levando seu filho Eliel, que tinha 10 meses na época. No mês de junho, o pioneiro da obra missionária no Paraguai, pastor Francisco Bezerra Filho, partiu para o Senhor.

 2005 – Abertura da Assembleia de Deus no Uruguai, com o missionário Sebastian Colman, em parceria com a AD de Imperatriz (MA). Em janeiro, o evangelista Geraldo Carlos Vilaça, com sua esposa Dulce de Freitas e sua filha Karen Hapuque, partem para dar apoio ao Projeto África na base do Senegal. No mesmo ano, o evangelista Marcos Coelho e sua família foram para o Paraguai, para cooperarem com o pastor Jailton Mariano e equipe. Já a jovem Eunice Sousa partiu para a Bolívia. A missionária Erlândia Aguiar, já com um trabalho efetivo entre o povo Bijagó, em Guiné Bissau, foi recebida no quadro de missionários da Secretaria. Ainda em 2005, a Semadec realizou em Fortaleza (CE) o 1º Fórum para Secretários de Missões do Nordeste.

 2006 – A Semadec promoveu a primeira viagem missionária ao continente africano. O fruto dessa viagem foi o recebimento do espaço da Base Missionária WEC Internacional (Missão Amém) para instalar a Base Missionária Maranatha em Ziguinchor, na região de Casamance, no sul do Senegal.

 2007 – A Semadec, em parceria com o Serviço de Missões aos Povos (Semap) de Uberlândia enviou os missionários Eduardo Fernandes, Valdirene Inácio e filha para somarem à equipe que atuava na Base Missionária em Ziguinchor, no Senegal. No mesmo ano, foram enviados para o treinamento missionário na Agencia Misionera Internacional Pueblos Ouvidados (Amipol), no Paraguai, os missionários Israel Cordeiro e esposa Carla Cordeiro, Samuel Cordeiro e Elizângela Reis. As jovens Paula Valéria, Deuziane Campelo e Betânia Lima foram enviadas para a Bolívia, onde trabalharam durante um ano.

Os missionários Antônio Frutuoso de Lima e Afoncina Frutuoso, que já estavam no Uruguai, foram recebidos no quadro de missionários da Semadec. Em 2007, também iniciou a execução do Projeto Missionário Lançando as Redes, com a fase de levantamento de recursos. Nos meses de setembro e outubro, a Semadec realizou a 2ª Viagem Missionária ao continente africano, com uma equipe de 10 pessoas lideradas pelos pastores Pedro Cavalcante Falcão e Francisco Paixão Bezerra Cordeiro.

 2008 – Em janeiro, depois da realização do 1º Seminário de Intercessão Missionária e a 5ª Oficina Missionária para Representantes de Missões, a Semadec enviou o evangelista Elias Santos com a sua esposa Ruth Santos e seu filho Jonathan para o Oriente Médio. Dando continuidade ao Projeto Missionário Lançando as Redes, seguiram para o Senegal os missionários Domingos Alan Medeiros e sua esposa Lucileuda Marques, para iniciar a 2ª fase de implantação junto à comunidade pesqueira de Yoff, em Dakar. A missionária Sandra Damasceno e seu esposo Adriano Alves seguiram para Itapaso, no Paraguai.

Em julho, o casal João Batista Domingos e Renata Salomão encerrou suas atividades no Marrocos e partiu para integrar a equipe de missionários na Base Missionária Maranatha, em Ziguinchor. Ainda em 2008, a Semadec participou da organização do Projeto Minha Esperança Brasil, da fundação Billy Graham; e lançou o Projeto de Adoção Missionária de Crianças (Pamic).

2009 – Em janeiro e fevereiro aconteceu a 3ª Viagem Missionária à África, com uma equipe de sete pessoas liderada pelo pastor Francisco Paixão Bezerra Cordeiro. Durante a permanência da equipe em Ziguinchor, aconteceu a formatura da primeira turma de 12 obreiros da Escola de Formação Missionária Maranatha. O missionário Cristiano Carneiro e a esposa Elimércia seguiram para o Senegal.

Em maio e junho, foram enviadas duas famílias ao campo missionário na Bolívia e Cabo Verde: presbítero Marcelo Malaquias e família e presbítero Francisco Vieira e Rosimeire, respectivamente. Com a saída dos casais de missionários Geraldo Vilaça e Dulce Vilaça, Eduardo Fernandes e Valdirene e João Batista Domingues e Renata Salomão da Base, pois voltaram ao Brasil por motivos de férias e saúde, foram enviadas em setembro mais duas famílias para a Base Missionária: o evangelista Emilson de Castro e família e Marvyo Darley Albuquerque e Priscila Alencar, para prosseguirem o serviço missionário em Ziguinchor.

Ainda no segundo semestre, o pastor Francisco Paixão visitou o trabalho missionário na Bolívia e no Uruguai, onde a Semadec recebeu três igrejas através de parcerias. Em dezembro, a missionária Eunice Sousa foi enviada ao sudeste asiático, para evangelizar os povos não alcançados.

2010 – A Semadec enviou duas famílias missionárias para assumir as duas igrejas no Uruguai: o presbítero Paulo César e Mirian e o pastor José Mandú de Lima e família, que se fixaram no país para servir ao Senhor na edificação do Corpo de Cristo. No mês de março, em parceria com a Assembleia de Deus de Pacajús, o presbítero Marcus Soares Lima e família foram enviados para Guiné-Bissau. No final de maio, a jovem Ana Lúcia Fernandes, da Assembleia de Deus de Maranguape I, chegou em Lichinga, no Moçambique, para ajudar a missionária Maria Betânia Aíde. Em julho, o jovem Edinilson Nascimento, de Itapipoca, foi conduzido para Guiné-Bissau.

2011 – Em outubro, com o retorno do casal Paulo César e Mirian, o casal de missionários, João Batista Domingues e Renata Salomão, aceitaram o desafio de dar continuidade ao trabalho em Artigas, no Uruguai. A Igreja Evangélica Assembleia de Deus Templo Central (IEADTC) enviou a missionária Leoneida Freire para evangelizar o Cabo Verde e a jovem Elionete Queiroz para anunciar as Boas Novas na Bolívia. Já o missionário Deuzillian da Silva Jr. e família foram enviados ao Chile.

 2012 – No dia 02 de janeiro, o pastor José Valter da Silveira Filho e o então evangelista João Marcos Pessoa foram nomeados pela Convenção das Assembleias de Deus do Estado do Ceará (Conadec) para assumirem a Semadec, como secretário executivo e secretário adjunto, respectivamente. Eles realizaram reformas estruturais na Secretaria. O missionário Ricardo Vieira, com sua esposa Ana Cláudia e filhos, foi enviado pela AD de Jurema para Moçambique.

Seguindo o modelo administrativo do Conselho de Expansão e Base Interiorana (Cebi) da Conadec, a Semadec iniciou o processo de estabelecimento de promotores de missões dentro das Cebis para auxiliar no trabalho de conscientização missionária no estado do Ceará. Também foi criada a Feira das Nações, evento anual com data fixada em 15 de novembro. A jovem Josimária Moreira (Mara) foi enviada para Guiné-Bissau pela AD de Tabuleiro do Norte. Já o pastor Valter Silveira empreendeu viagem à África. Ainda no mesmo ano, juntamente com o pastor João Bezerra da Silva, presidente da Conadec, o pastor Valter Silveira seguiu rumo ao Paraguai e Uruguai, com uma caravana de irmãos. Os missionários Domingos Alan e Lucileuda Medeiros seguiram para Burkina Faso.

O Pamic começou a dar assistência ao Projeto Escola Maranata, em Guiné-Bissau, nas localidades de São Domingos e Lala, coordenado pelo missionário Marcus Soares Lima e família e os obreiros nativos Abu Sambu, Sete Nhama, Quinta Dira, Segunda, de Lala, e Quinta Magna. Eles também cooperaram com o projeto Escolinha Brilho do Sol, em Cabo Verde, coordenado pelo evangelista Francisco Vieira, Rosimeire e Lenira Ribeira, que era obreira nativa.

2013 – A Assembleia de Deus de Pacajús enviou a jovem Bruna Léia Barbosa à Tailândia. Já a AD de Morada Nova enviou ao Uruguai o missionário Antônio Rodrigues e família. A missionária Aila Maria retornou da Índia para tratamento de saúde de sua mãe. A IEADTC de Fortaleza enviou a jovem Neide Batista para a Inglaterra e o missionário Ananias Júnior e família para as tribos indígenas no Brasil. Para a Bolívia, partiu a jovem Fernanda Rodrigues, enviada pela AD Cidade.

O Projeto de Adoção Missionária de Crianças iniciou o trabalho de assistência ao projeto Escuela Cristiana Maranata Paraguai com 12 crianças e encarou o desafio de abrir mais duas salas em 2014. A Asamblea de Dios Maranata, liderada pelo pastor Jailton Mariano, no Paraguai, realizou a sua 1ª Conferência Missionária Internacional.

2014 – A Assembleia de Deus em Cidade dos Funcionários enviou ao Cabo Verde o jovem Luís Carlos para auxiliar o missionário Francisco Vieira. A IEADTC também enviou para o Cabo Verde o evangelista Rafael Damasceno e família. Já a AD de Russas enviou o jovem Francisco Erisvaldo para a Bolívia; e a AD de Uruburetama enviou o casal Jimmy Lindberg e Verônica também para a Bolívia, para treinamento em parceria com o Seminário Teológico Pentecostal (Setep) da AD em João Pessoa (PB). O pastor Jaelson Amaro, que foi liderou a Assembleia de Deus de Beberibe, foi conduzido com a família para Roma, na Itália. A AD de Barreira iniciou em janeiro o envio de ajuda financeira para o obreiro nativo Yanne Semedo, que coopera com o evangelista Francisco Vieira em Cabo Verde.

O Projeto de Adoção Missionária de Crianças passou a se chamar Programa de Assistência Missionária de Crianças, devido à mudança na sua visão. O Pamic deixou de ser um projeto de adoção de uma criança e se tornou um programa de assistência aos projetos desenvolvidos pelos missionários. Em junho, a Semadec mudou de endereço e passou a funcionar provisoriamente na rua Tereza Cristina, nº 661, no Centro de Fortaleza.

Em 2014, o trabalho missionário transcultural da Assembleia de Deus do Ceará completou 40 anos. Graças ao projeto de Deus e a obediência do saudoso pastor Emiliano Ferreira da Costa à voz do Senhor, a Semadec chegou aos cinco continentes. Lutas, oposições e críticas foram enfrentadas devido à falta de visão de muitos líderes, mas foi melhor obedecer a Deus (Atos 5:29) levando seu nome e sua salvação aos povos.

Semadec – Juntos há 40 anos evangelizando, discipulando e batizando povos.

Carlos Castro

Postado por: Carlos Castro

Comentários

*os comentários aqui apresentados não representam a opinião do Portal JVD

Deixe uma resposta