Cantor Delino Marçal compartilha experiências do seu ministério em entrevista

Delino Marçal 1
O cantor Delino Marçal ministrou ao vivo, com o auxílio de um violão, as músicas “Deus é Deus”, “Vim falar com Deus” e “Me batiza com fogo”. (Foto: Márcia Morais)

A rádio FM Ministério Canaã 93,5 recebeu na manhã de hoje (19), no programa “Bom Dia Canaã”, o cantor e compositor Delino Marçal, da MK Music. Durante a entrevista, que foi conduzida pela apresentadora Lívia Santos, o adorador compartilhou sobre a sua história de vida no período da infância e adolescência, as circunstâncias criadas para que culminasse na sua chegada à MK Music, a produção do CD “Nada além da graça” gravado ao vivo na Assembleia de Deus Campo de Campinas (GO), a origem da composição da música de trabalho do álbum intitulada “Deus é Deus”, contou testemunhos do que Deus fez na vida de pessoas através de suas canções e ainda cantou ao vivo algumas músicas do seu novo CD.

Inicialmente, Delino Marçal, filho mais novo de nove irmãos, casado e pai de uma bebê de oito meses, falou sobre a história da sua família, que conforme ele afirmou, aos olhos dos homens era uma casa que certamente tinha tudo para dar errado. Porém, ele conta que deu certo porque a sua mãe levantou a mão e disse: “Jesus, entra na minha casa”. “A minha família realmente tinha tudo para dar errado, mas deu certo porque Deus é bom. Deus é Deus”, complementou. De origem humilde, o cantor também revelou que muitos dos seus amigos da infância e adolescência acabaram tendo suas vidas ceifadas devido ao envolvimento com as drogas sem nem chegar aos 15 ou 20 anos. Mas o Senhor preservou a sua vida e não deixou que o inimigo de nossas almas destruísse o plano de Deus, porque Ele está no controle de todas as coisas.

Chegada à MK Music

Na entrevista, ele contou o testemunho de como se deu o processo que levou ele a conhecer e a ser contratado pela gravadora MK Music. Depois de ter atendido a chamada feita por um pastor para participar de um seminário no Rio de Janeiro, ele resolveu ficar mais alguns dias na sua companhia na cidade. E foi então que o cantor acabou recendo um convite da cantora Eyshila para ministrar com ela em um evento em Minas Gerais. Porém, antes de viajar para cantar neste evento, Delino esteve com o cantor Wilian Nascimento, que acabou lhe levando à gravadora, algo que não estava previsto em sua agenda. Lá, sem esperar, conheceu a presidente do Grupo MK, Yvelise de Oliveira, que na ocasião pediu para que ele cantasse ao vivo algumas de suas canções autorais. Ao conhecer o seu trabalho, ela decidiu lhe fazer um convite para fazer parte da equipe de cantores da gravadora, que foi aceito por Delino Marçal.

“Ali Deus estava começando a escrever uma nova história, um novo tempo, e eu recebi isso como uma porta de Deus e agora estamos juntos em uma só família, a ‘Família MK’. Para mim é uma honra participar, estar ali, fazer parte desse cachê, um povo que é crente, que tem compromisso com a Palavra, que tem compromisso com o conteúdo que vai levar para a nação. Eu estou muito feliz”, afirmou o cantor. A partir de então, começaram os trabalhos para o lançamento do CD “Nada além da graça”, que segundo ele foi composto de canções voltadas para toda a família. Apesar de já ter iniciada a preparação do CD ainda de forma independente, ele conta que a MK ajudou a dar um “toque especial” merecido para o álbum. “Então, nós viemos obedecendo ao que Deus queria, não só aquilo que estava no nosso coração, mas nós deixamos prevalecer a vontade de Deus”, disse ele.

A história da música “Deus é Deus”

Delino Marçal compartilhou para todos os ouvintes do programa “Bom dia Canaã” a história da música de trabalho do seu mais novo CD, intitulada “Deus é Deus”. O cantor conta que em determinado ano, passou o Natal sem roupa e sapato novos, e dentro de si ele não entendia o porquê de viver aquela situação, enquanto os seus amigos descrentes todos tinham roupas e sapatos novos para celebrar. Ele não compreendia porque a sua família estava a passar necessidades, já que servia ao Senhor e na sua própria casa eram realizadas constantemente reuniões de oração. Ao compartilhar com sua mãe, Delino disse que ela o chamou em particular e disse: “Filho, eu vou te ensinar algo para você nunca mais esquecer. Nessa casa nós não servimos a Deus pelo que Ele faz. Se Ele der roupa para você ele é Deus, mas se Ele não der nada, Ele continua sendo Deus”.

A partir de então, ele entendeu que seria melhor servir a Deus pelo que Ele é do que por aquilo que Ele pode fazer, o que resultou anos depois na composição da conhecida música “Deus é Deus”. “Nós sabemos que hoje estamos vivendo em um contexto, eu falo no quesito adoração, que nos perdemos um pouco. As pessoas deixaram de adorar a Deus pelo que Ele é. Ele é o único Deus que sabe o fim antes que houvesse o começo. Então, Ele tem o controle de todas as coisas e, às vezes, nós acabamos ficando preocupados e dizemos muitas vezes: Tinha que ser do meu jeito. Só que nós precisamos entender que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável. Ele sabe a finalidade porque passamos por determinadas situações”, afirmou Delino Marçal, ao ressaltar que essa é a mensagem que ele deseja trazer para a sua geração.

O cantor ministrou ao vivo, com o auxílio de um violão, as músicas “Deus é Deus”, “Vim falar com Deus” e “Me batiza com fogo”. Durante a entrevista, foram tocadas as canções “Corre do pecado” e “Que amor é esse?”, e foi encerrada com a música “Fiel é Deus”, a pedido do cantor Delino Marçal, que agradeceu ao pastor Jecer Goes e ao Ministério Canaã por permitir ministrar suas canções para toda a igreja. Ele ministra hoje (19), às 19h, na AD Canaã da Água Fria, que fica na av. Eng. Leal Lima Verde, nº 1126, no bairro Água Fria.

Por Jair Melo
Redação Ministério Canaã

Jair Melo

Postado por: Jair Melo

Jornalista e especialista em Propaganda e Marketing pela Faculdade 7 de Setembro (FA7). Editor-responsável da revista Mandamentos e repórter titular do Canaã News, o canal de notícias do Ministério Canaã no site oficial da igreja (ministeriocanaa.org)

Comentários

*os comentários aqui apresentados não representam a opinião do Portal JVD

Deixe uma resposta