Pastor Osires Teixeira Pessoa será homenageado amanhã no Plenário 13 de Maio, na AL do Ceará

Pastor Osires Teixeira Pessoa, ladeado pelos pastores João Marcos, Jaziel Pereira e Osires Jr.
Pastor Osires Teixeira Pessoa, ladeado pelos pastores João Marcos, Jaziel Pereira e Osires Jr.

Conheça a história do pastor Osires Teixeira Pessoa, presidente da CONFRADECE.

No dia 04 de janeiro de 1938, nascia no município de Uruoca (CE), o pastor Ozíres Teixeira Pessoa, sendo que no futuro tomou como sua terra o município de Tianguá (CE), situado na serra da Ibiapaba, haja vista ter passado toda a sua infância e juventude na cidade de clima serrano. Criado em lar evangélico, cresceu sob a orientação dos ensinamentos da Bíblia Sagrada. O seu pai, presbítero João Rodolfo Pessoa, foi um dos pioneiros do Evangelho na serra da Ibiapaba, pois em sua propriedade, localizada no Sítio Marinema, foi construído o primeiro templo evangélico na região. A sua mãe, irmã Geni Teixeira Pessoa, foi a responsável pela criação de 13 filhos, sendo que dois já domem no Senhor, Zilda Teixeira Pessoa e Ovídio Teixeira Pessoa. Ela criou todos com o mesmo esmero, no que diz respeito à doutrina evangélica. Ozíres, bem como seus irmãos, sempre foi trabalhador, e como era filho de agricultor, passou dias ao sol, inclusive tangendo jumento carregado de rapaduras pelas veredas estreitas e escuras da região onde morava. Já aos 19 anos, veio para Fortaleza com o intuito de servir o Exército Brasileiro, morar na residência do saudoso pastor José Teixeira Rego. A partir de então, começou a conviver diariamente com os pastores que na época dministravam a igreja no Ceará. Com o incentivo do pastor José Teixeira Rego, o jovem Ozíres não mais retornou para Tianguá e permaneceu em Fortaleza, tendo sido adotado como filho pelo pastor Teixeira. Resolveu estudar e vencer na vida. Terminou o antigo 2º grau (Ensino Médio), fez dois cursos de ensino superior (Ciências Contábeis e Administração) e se formou bacharel em Teologia. Ele ainda ocupou cargos de confiança no Banco Nacional, Banco Bandeirantes e na Mesbla. Como sempre repete, não pensava em pastorear, mas como os planos de Deus sempre surpreendem aqueles que O servem, veio a abandonar uma
grande carreira na área secular para se dedicar exclusivamente à igreja. No ano de 1967, casou-se com a jovem Sara Bezerra da Costa, que passou a chamar-se Sara Bezerra Costa Pessoa. Dessa união, nasceram quatro filhos: Adriano, Felipe, Osíres Júnior e Carlos Levi, todos criados no temor de Deus e servos do Deus
Altíssimo. O pastor Ozíres Teixeira Pessoa iniciou a sua carreira ministerial no ano de 1970, quando foi consagrado a diácono na Assembleia de Deus Bela Vista. A partir de então, ocupou várias funções naquela igreja, desde a liderança de departamentos a funções administrativas, ocupando por fim a Vice-Presidência, quando, por plano divino teve a sua história ministerial direcionada para outra obra. Foi então que no ano de 1984, assumiu, de forma provisória, como diz a Ata de Posse, a Presidência da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Montese, que na época contava apenas com duas congregações na Capital e duas no Interior do estado. Todos os crentes da Assembleia de Deus Montese cabiam em um único ônibus. Teve início a partir de então uma dura e corajosa jornada de crescimento da Assembleia de Deus Montese, entendendo meses depois que não era uma obra apenas provisória, mas permanente para a sua vida a partir de então. Com o decorrer dos anos, viu-se a plena aprovação de Deus neste projeto traçado para o seu ministério nesta igreja. Podemos concluir afirmando que atualmente a Assembleia de Deus Montese tem um histórico de firmeza doutrinária e organização administrativa, que mostram o estilo do pastor Ozíres, que reflete o cuidado com as ovelhas como também com a obra de uma forma geral.

SERVIÇO:
Evento: Sessão Solene em comemoração ao dia do pastor
Data: 14 de junho
Local: Assembleia Legislativa do Ceará

PRESIDENTE CONFRADECE

Carlos Castro

Postado por: Carlos Castro

Comentários

*os comentários aqui apresentados não representam a opinião do Portal JVD

Deixe uma resposta