Temer demite mais 2010 petistas mantidos por Dilma em cargos comissionados do governo

O governo Temer anunciou nesta sexta-feira (15) a demissão de 2010 servidores comissionados que ainda estavam pendurados no governo pela presidente afastada Dilma Rousseff. Todos ocupavam cargos de confiança da gestão petista, segundo informou o Blog do Camarotti.

Fazendo a limpa!
Fazendo a limpa!

Desse total, serão demitidos 1.087 servidores com cargos DAS 3 (Direção e Assessoramento Superior 3); 757 servidores com DAS 4; 135 servidores com DAS 5; 28 servidores com DAS; além de 3 cargos de natureza especial. Os salários destes funcionários variavam entre R$ 8.554,70 a R$ 11.235,00, exceto para os cargos de natureza especial, que podem alcançar a faixa de R$ 25 mil.

No dia 10 de junho, o Governo já havia cortado outros 4,3 mil cargos de confiança, que geraram uma economia de R$ 230 milhões aos cofres públicos. O enxugamentos nos cargos de confiança do Poder Executivo no nível mais alto prevê ainda a demissão de outros 8 mil petistas nos próximos meses, ampliando a economia do governo em mais R$ 300 milhões somente este ano.

Dos 24.250 ocupantes de cargos comissionados existentes hoje, o governo vai transformar 10.462 em funções comissionadas para servidores públicos concursados, ou seja, só poderão ser preenchidos por funcionários de carreira. No total, cerca de 14 mil petistas inseridos na máquina pública serão expurgados, o que irá gerar uma economia de mais de R$ 1.5 bilhão aos cofres públicos.

fonte: Imprensa Ativa

Jurandir Batista

Postado por: Jurandir Batista

Administrador Técnico do Portal JVD.